top of page

Dicas para motivação profissional

O aumento do estresse e da síndrome de Burnout foram realidades impulsionadas após a crise causada pelo Coronavírus, principalmente pela imposição do home office. Contudo, para começar 2021 com o pé direito, é preciso pensar em maneiras de superar essa adversidade. Por isso, veja as dicas de especialistas neste Conexão Ilimitada!


Priorize uma gestão empática!


Diante desse cenário, o grande desafio para os gestores é compreender como manter a equipe engajada mesmo a distância. Então, nessa hora, ser “líder” e não “chefe” faz a diferença, pois por meio dos exemplos do “cabeça” e de sua iniciativa, o time se empenha em entregar resultados ou não. Logo, o dirigente deve mostrar quais ações são prioritárias e imprimir seu ritmo laboral ao restante dos conjuntos.


Para a CEO da Kultua, Lívia Brandini, do Rio de Janeiro (RJ), conduzir pessoas requer muita percepção e, acima de tudo, empatia. “A capacidade de ler e se colocar no lugar do outro é muito importante. Sendo assim, o primeiro passo é identificar se existem conflitos internos ou mesmo na relação de determinado colaborador com a empresa e exercitar a escuta ativa em todos os momentos”, explica.


Dessa forma, capta-se a singularidade dos seres humanos, com suas peculiaridades, individualidades, fragilidades e potencialidades. Logo, o conhecimento das forças e fraquezas dos funcionários revela a necessidade de conhecer melhor as pessoas para compreendê-las em sua totalidade e não apenas suas habilidades profissionais.


Nesse sentido, o diálogo franco é fundamental para reforçar a confiança. “Isso é indispensável na formação e manutenção do staff”, complementa Lívia. Essas características são determinantes para qualquer instituição e isso se intensifica em home based. Dessa forma, evitam-se erros bobos e, sobretudo, desavenças entre o contratado e o empregador.


Desenvolva e capacite seus internos


De acordo com o Instituto DataSenado, cerca de 80% das pessoas afirmam trabalhar além do horário normal da jornada e, isso, muitas vezes, está ligado a uma sensação de estafa. Por isso, é importante se atentar ao estabelecimento de metas atingíveis, caso contrário, a tática pode ser um fator de desmotivação. Então, como é possível evitar a sobrecarga e dar conta de novas demandas?


Quando falamos de trabalho remoto, em especial, é essencial perceber: estamos lidamos com pessoas e não com robôs. Logo, não tente impor regras muito rígidas para o grupo, afinal, ele é composto por indivíduos, cada um com suas peculiaridades. Portanto, a base para tudo isso é a comunicação. “Quanto pior esse relacionamento, menor a colaboração”, analisa a fonoaudióloga e consultora humana do setor de saúde ocupacional da BenCorp, Luciana Lourenço.


Nessa perspectiva, na Link-Belt foram desenvolvidas algumas ações para ampliar o nível de satisfação geral e, assim, obtiveram resultados expressivos, afirma a analista de RH da empresa, Camila Bengozi. “Nós procuramos estimular a autonomia das pessoas para trabalhar, bem como incentivar novas ideias e soluções de cada integrante. Inclusive, isso também ajuda no desenvolvimento dos funcionários”, expõe.


Isso é fundamental dentro das companhias, pois cria o sentimento de pertencimento, vital para uma alta produtividade. Então, seja transparente em todas as ações propostas e, claro, mostre para cada um seu papel e importância. Além disso, capacite e treine-os, assim, a entidade se mantém dentro de um espectro de sucesso em seu respectivo setor.


Portanto, a iniciativa de zelar pelos times é uma atitude, além de humanizada, empreendedora. Então, acompanhe nosso blog e as redes sociais, pois publicamos conteúdos diários com a participação de grandes especialistas. Assista também a nova matéria do programa “Conexão Ilimitada”, da TV Nube!

Como a sua organização motiva o time?


Fonte: https://www.nube.com.br/tv-nube/2021/03/29/tv-nube-dicas-para-motivacao-profissional

3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page