top of page

Uma cultura focada em saúde mental

Atualizado: há 8 horas



Segundo a OMS, após a pandemia de COVID-19, os casos de ansiedade e depressão cresceram significantemente. O Relatório Global sobre Saúde Mental divulgou que houve aumento de enfermidades associadas a esse tema, incluindo esgotamento emocional, doenças psicossomáticas e psiquiátricas.

Após vivermos épocas turbulentas, é hora de repensar e de reorganizar nossas atividades e emoções em busca de equilíbrio. Para vivenciarmos essa ampla jornada, precisamos iniciá-la com o autoconhecimento. Você se conhece? Sabe quais são os gatilhos que lhe causam raiva, tristeza, euforia, carência?

Como era de se esperar, a ausência de equilíbrio promoveu mudanças no ambiente profissional. A síndrome de Burnout, por exemplo, ganhou força por consequência de constantes estresse e desgaste no trabalho. Ao mesmo tempo em que muitas equipes de Gente e Gestão não se viam preparadas para lidar com essa situação crítica, o colaborador sentiu-se pouco amparado.


Em contrapartida, as organizações entendem cada vez mais que a saúde mental é uma estratégia para o bem-estar do colaborador e para o crescimento da empresa.


Na Kultua, enxergamos a importância em garantir um ambiente saudável, seguro e acolhedor para as empresas e seus colaboradores. Esse é um dos indicadores da nossa pesquisa de cultura. A partir de respostas de colaboradores, metrificamos a ocorrência de temáticas associadas a sobrecargas de trabalho, insegurança psicológica e qualquer padrão cultural que possa prejudicar a saúde do colaborador. Transforme a cultura da sua empresa e busque o bem-estar e a saúde mental no ambiente de trabalho.


244 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page